Pular navegação

Morcego é uma brincadeira do povo baniwa pratidacados pelos nossos antepassados nas reuniões, nas  festas tradicional. É uma brincadeiras simples, pode ser praticados pelos jovens, adultos, e também pelas crianças, precisa de cinco ou mais pessoas.

É duas pessoas ficam sentados, um cozinheiro e outros para carregar as lenhas, outros ficam como morcegos. Depois que os dois sentam, os morcegos começam entrar trazendo algumas coisas para cozinheiro. Depois de cozinhar, o cozinheiro sirva a comida.

A brincadeira dura cinco minutos ou mais, depende quantidade dos morcegos. Depois de comer, formam fila e começam sair.

A brincadeira pode ser realizada dentro de um salão. E em qualquer pátio da comunidade.

 HISTORIA DO MORCEGO

Na historia conta que os morcego trazem ucuqui  para duas pessoas. Ao duas preparam os ucuqui, fazendo mingau bem gostoso. Cozinham e depois esfriam,  em seguida é oferecido para os morcegos.

Ao terminar de beber os morcegos espalham escondendo. Na brincadeira duas meninas ou meninos representam as duas pessoas.

Os dois fingem fazendo mingau cozinhe e esfria e logo oferecem aos morcegos que soa as crianças. Depois de beber, todas as crianças se espalham se escondendo.

DOOPO ITOPIKA (DOOPO=CALANGO, ITOPIKA= BRINCAR), SERIA JODO DE CALANGO)

antigamente os nossos antepassados ensinam, os filhos com as própria brincadeira que eles sabiam, por que naquela época não existiam nenhum tipos de brincadeira como hoje.

Doopo itopika é uma brincadeira especifico para as crianças de menor idade, é brincado do pátio. Junta as crianças em forma de roda e pega nas mãos dos colegas, um menino reserva que fica sentado no meio da roda, e os colegas começam a cantar. Açaí corawata teyoyo, patauá corawata teyoyo, pupunha carowata teyoyo.

Eles param de cantar e um deles perguntar ao menino do meio.

-o que você quer comer?

Esse menino responde;

Quero comer tal coisa.

Por isso, ante eles deve ser juntado as frutas  para dar à ele comer, todos os menos perguntam a ele. Assim que a roda termina, acaba a brincadeira.

DANÇA DE JABUTI

 A dança de jabuti era utilizados pelo nosso antepassados , até agora quase não existe mais.

Esse tipo de dança era praticado depois de dabucuri, depois da  dança que chamamos de “podaali”que quando as pessoas de outras comunidade oferecem qualquer coisas à comunidade que está em festa.

É precisa: uma pessoa para tocar a casca de jabuti, esse tocador pode ficar em frente dos dançarinos.  Essa dança pode ter mais ou menos de dez pessoas. Que são compostos de homem e mulher, organizado, homem em frente, depois vem a mulher, assim por diante, deve ser realizado no pátio da comunidade ou na maloca. A dança pode demorar Maximo 15  minutos, Maximo de 10 voltas.

Cabeça de veado.

A cabeça de veado é uma brincadeira, as pessoas brincam da seguinte maneira; formam duas filas aproximadamente 10 ou mais pessoas, uma pessoa vai lá enfrente, que toca a cabeça de veado, quando ele assopra, os amigos, os que estão na fila levanta os pés.

A outra fila  entra no  outro lado e a outra fila entra de outro, e vai caminhando dentro da casa e as duas filas se encontram e as pessoas voltam para trás, como caranguejo, assim vai pó diante e acaba a dança.

   

2 Comments

  1. Olha as suas historias são muitas dovertidas. Com certeza, qualquer pessoa deve se encantar e curtir as historias que foram realidade, como no caso da Educação Escolar Baniwa, Isto nos da mais vontande de continuar lutando.

  2. Parabéns Agnaldo, aprendi muita coisa interessante lendo seu blog!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: